Netmenu Portal de Gastronomia

Cria o teu cartão de visita

Beira Baixa
Restaurantes visitados:
O Alambique de Ouro
Albergaria Berne
Resumo do Passeio
  • Serra da Estrela
  • Manteigas
  • Rio Zêzere
  • Penhas da Saúde
  • Covilhã
  • Cova da Beira
  • Fundão
  • Passeio completo
    A vasta região da Serra da Estrela é mais falada sempre que está frio e a neve começa a cair. E hoje já ali vai havendo algumas condições mínimas para a prática de desportos de Inverno, incluindo a utilização de canhões de neve artificial, a exemplo do que se faz lá por fora. Custou, mas foi.

    Mas a Primavera proporciona condições ideais para passeios a pé pelo monte, à descoberta de lindíssimas paisagens, afinal tão fáceis de usufruir, ali ao nosso alcance. E a andar a pé, o melhor exercício de todos. Organize-se com um grupo de amigos e parta à descoberta das lagoas da Serra, das nascentes do Mondego e do Zêzere, e daquela imensidão rochosa envolta em ar puríssimo. Não falta onde pernoitar, desde as simples pensões até às pousadas mais requintadas.

    Lá em baixo, no vale mais conhecido da região, onde o rio Zêzere vai ganhando corpo, está Manteigas, uma localidade pacata, um bom ponto de referência. Em Manteigas vamos sentar-nos à mesa no restaurante Berne. Faz parte de uma albergaria situada do lado de lá do rio Zêzere, mesmo em frente a Manteigas, com uma paisagem lindíssima. É um local acolhedor onde se come muito boa comida da região, em doses enormes. Sala muito confortável, com enormes vidraças que permitem disfrutar a paisagem Boa amesendação e serviço impecável, a cargo do pai e dos dois filhos, já que a mãe está na cozinha, a tratar da nossa saúde.

    Pão excelente e umas belíssimas azeitonas. A sopinha sempre à mesa, que pode ser de espinafres ou de outros legumes do dia. Bacalhau assado na brasa com batata a murro. Bacalhau com broa. Trutas ali dos viveiros de Manteigas, grelhadas ou recheadas com presunto. Um ou outro peixe fresco para grelhar. Mas aqui o forte são as carnes. O joelho de porco assado no forno. O pernil assado no forno, de excelente assadura, com a crosta bem tostada e saborosa, a carne húmida, a desfazer-se na boca, um mimo, na companhia de óptimas batatas a murro. Feijão no forno, um feijão vermelho que fica algumas horas no forno de lenha, quando este acaba de cozer o pão, e que depois se nos apresenta num estufado muito completo, de molho espesso e com fartura de carnes de porco, bem ligado, com a curiosidade de levar um pouco de cebola picada grosseiramente, por cima. E um prato obrigatório nestas paragens, as feijocas. De muito boa qualidade, tenras e saborosas, são servidas numa feijoada abundante, com muita carne de porco e um pouco de chouriço, bem temperadas, com molho grosso, de chorar por mais.

    Também aparece em certos dias o cabritinho do monte e o carneiro, assados no forno. Na sobremesa a fruta, a salada de fruta e o inevitável queijo da Serra, muito bom. Mas destaca-se o requeijão com mel ou com um soberbo doce de abóbora, numa combinação perfeita. Uma boa lista de vinhos, com grande variedade dos vinhos da Cova da Beira. As Adegas Cooperativas da Covilhã e do Fundão estão muito bem representadas, com algumas reservas bem interessantes, a preços muito sensatos. Bebeu-se um tinto velho de Pinhel que estava excelente.

    Depois podemos voltar a subir a Serra, às Penhas da Saúde, e descer até à cidade da Covilhã, a dominar o imenso vale que nos leva até à região da Cova da Beira. Esta é uma boa época para visitar a região, pois ali se produzem das melhores cerejas do país, e estamos em tempo delas. As melhores são das aldeias à volta da cidade do Fundão, agora de muito mais fácil acesso para quem vem do sul, depois da abertura ao tráfego do polémico tunel da Gardunha. E é ali à entrada do Fundão, mas quem vem do norte, que vamos pôr os pés debaixo da mesa no restaurante Alambique de Ouro.

    Mesmo à face da estrada, fazendo parte de uma albergaria, é uma casa de bem comer com sala enorme, toda forrada de madeira e com imensos artefactos pelas paredes.

    Sugestão apresentada em Março 2005
    mais passeios Enviar comentário         Recomendar a um amigo

     

     

    Palavra a Pesquisar

    Que tipo de "workshops" acha mais apetecível?
    Workshop de Vinhos Licorosos da Madeira
    Workshop de Vinhos do Porto

    Um trajecto fantástico no Douro...

    Terra de Pescadores